top of page

Group

Public·10 members

скачать флэш


All results were taken from the J-Link Commander output. Tests started with the flash either empty or erased, as flash erase times depend very much on the selected device. Sector sizes may grow for large devices. Please refer to the chip manual of the appropriate device to get information about erase times.




скачать флэш


Download File: https://www.google.com/url?q=https%3A%2F%2Fjinyurl.com%2F2u7qN2&sa=D&sntz=1&usg=AOvVaw1ttP42RHR1BOlUNT-SegHi



J-Link supports the programming of memory-mapped QSPI NOR flash via the standard methods described above. In the beginning, SPI NOR flash was usually a custom connection and not standardized, with advanced MCUs and QSPI flash memory-mapped made visible in the MCU address space. However, it eventually became a full replacement and even successor of parallel NOR flash. With J-Link, all features known from internal flash are also available in memory-mapped QSPI flash:


Note: Hardware breakpoints are not usable in QSPI flash on many Cortex-M based devices. This makes J-Link + flash breakpoints the only real option to debug in QSPI flash on these devices.


A customized flash algorithm is needed to program these devices. Customers can do this themselves using J-Link Device Support Kit, or SEGGER can help. Please contact sales@segger.com to request a quote.


SEGGER engineers have written, validated, and optimized the flash loaders, making sure they work reliably and deliver the best possible performance. SEGGER has hardware in-house for all supported devices and can re-test and give support to users.


SEGGER's Embedded Experts can add support for new or custom devices by drawing on their extensive experience. In many cases, this is done by SEGGER free of charge. However, in urgent cases, or for devices which are not designed for the mass market, or devices that are highly complex, or for other reasons, there may be a charge.


All tests were performed by placing a 512 KB program into the flash memory of a blank STM32F417IG microcontroller connected via SWD interface. The SWD speed was selected at the maximum possible for each debug probe.


The J-Link also has the option of further software enhancements with the production flash programming utility (J-Flash). The ability to take full advantage of the development environment using the Unlimited Flash Breakpoint module also means you free your development from the hardware breakpoint restriction. In this test, J-Link is the clear winner.


We do not recommend or support the following programming methods via J-Link Commander or J-Flash Lite for production purposes. Regarding production programming, only production grade programming tools should be used.


Production grade programming tools typically feature a more sophisticated, multi-step verification process. Many applications also require customization / patching of variable data such as serial number(s), MAC addresses and similar.


J-Flash Lite is a free, simple graphical user interface which allows downloading into flash memory of target systems. J-Flash Lite is part of the J-Link Software and Documentation package, available for download here. How to perform downloading into flash via J-Flash Lite:


Flasher is a programming tool for all common devices with internal or external flash memory. For a list of all supported devices click here. Flasher ARM is designed for programming flash targets with the J-Flash software or stand-alone. Flasher can also operate as a normal J-Link.


J-Flash is an application that can program internal and external flash on ARM/Cortex devices. J-Flash can be used as a GUI-based application or in batch mode. It is available for Windows, Linux and macOS.


Para começar, precisa de ter uma licença para instalar o Windows 10. De seguida, pode então fazer o download e executar a ferramenta de criação de suporte de dados. Para obter mais informações sobre como utilizar a ferramenta, veja as instruções abaixo.


Se estiver a instalar o Windows 10 num PC com o Windows XP ou o Windows Vista, ou se tiver de criar um suporte de dados de instalação para instalar o Windows 10 num PC diferente, veja a secção Utilizar a ferramenta para criar o suporte de dados de instalação (pen USB, DVD ou ficheiro ISO) para instalar o Windows 10 num PC diferente abaixo.


Nota: Antes de instalar o Windows 10, certifique-se de que o seu PC cumpre os requisitos de sistema do Windows 10. Recomendamos também que visite o site do fabricante do PC para obter informações adicionais sobre controladores atualizados e a compatibilidade do hardware.


Após a transferência e instalação, a ferramenta irá orientá-lo através do processo de configuração do Windows 10 no seu PC. Estão disponíveis todas as edições do Windows 10 quando seleciona Windows 10, exceto a edição Enterprise. Para obter mais informações sobre a edição Enterprise, aceda ao Centro de Serviços de Licenciamento em Volume.


Siga estes passos para criar o suporte de dados de instalação (pen USB ou DVD) que poderá utilizar para instalar um cópia nova do Windows 10, fazer uma instalação limpa ou reinstalar o Windows 10.


Se tem o Office 2010 ou uma versão anterior e optar por fazer uma instalação limpa do Windows 10, tem de localizar a chave de produto do Office. Para obter sugestões sobre como localizar a chave de produto, leia Localizar a sua chave de produto do Office 2010 ou Introduzir a sua chave de produto para o programa Office 2007.


Após concluir os passos para instalar o Windows 10, certifique-se de que tem todos os controladores de dispositivo necessários instalados. Para verificar a existência de atualizações agora, selecione o botão Iniciar e, em seguida, aceda a Definições > Atualizar e Segurança > Windows Update, e selecione Verificar atualizações. Também pode visitar o site de suporte do fabricante do seu dispositivo para obter controladores adicionais que possam ser necessários.


Antes de instalar o Windows 10, é boa ideia guardar o trabalho e fazer uma cópia de segurança do PC antes de começar. Se utilizou a ferramenta de criação de suporte de dados para fazer o download de um ficheiro ISO para o Windows 10, precisará de gravá-lo num DVD antes de seguir os passos abaixo.


Se o seu PC não arrancar automaticamente a partir do suporte USB ou DVD, poderá ter de abrir um menu de arranque ou alterar a sequência de arranque no BIOS ou nas definições UEFI do seu PC. Para abrir um menu de arranque ou alterar a sequência de arranque, terá de premir uma tecla (como a F2, F12, Delete ou Esc) imediatamente após ligar o seu PC. Para obter instruções sobre como aceder ao menu de arranque ou como alterar a sequência de arranque do seu PC, consulte a documentação fornecida com o PC ou visite o site do fabricante. Se não vir o dispositivo de suporte USB ou DVD na lista das opções de arranque, poderá ter de contactar o fabricante do PC para obter instruções para desativar temporariamente o Arranque Seguro nas definições da sua BIOS.


Se alterar o menu ou a sequência de arranque não funcionar e o PC arrancar imediatamente no SO que pretende substituir, é possível que o PC não tenha encerrado totalmente. Para garantir que o PC encerra totalmente, selecione o botão de alimentação no ecrã de início de sessão ou no menu Iniciar e selecione Encerrar.


Se fez o download de um ficheiro ISO para o Windows 10, o ficheiro é guardado localmente na localização selecionada. Se tem um programa de gravação de DVDs e terceiros instalado no computador que prefira utilizar para criar o DVD de instalação, poderá abri-lo indo para a localização onde guardou o ficheiro e fazendo duplo clique no ficheiro ISO; ou clique com o botão direito do rato no ficheiro ISO, selecione Abrir com e escolha o software de gravação de DVD da sua preferência.


Se quiser utilizar o Gravador de Imagens de Disco do Windows para criar um DVD de instalação, vá para a localização onde o ficheiro ISO está guardado. Clique com o botão direito do rato no ficheiro ISO e selecione Propriedades. No separador Geral, clique em Alterar, selecione Explorador do Windows como o programa que quer utilizar para abrir ficheiros ISO e selecione Aplicar. Em seguida, clique com o botão direito do rato no ficheiro ISO e selecione Gravar imagem do disco.


Se quiser instalar diretamente o Windows 10 a partir do ficheiro ISO sem utilizar um DVD ou uma pen, pode fazê-lo montando o ficheiro ISO. Este programa atualizará o sistema operativo atual para o Windows 10.


It supports all AMD Radeon graphics cards, like RX 6900 XT, RX 6800 XT, RX 6700 XT, RX 5700, RX 5600, RX 5500. You can also flash the BIOS for all AMD Radeon RX Vega, RX 580, RX 480, and all older ATI cards.


AMD has changed the behavior of AMDVBFlash in newer versions. It now requires a constant running Ring-0 kernel-mode driver. This is a security risk, you really only need the driver for a few minutes while saving the BIOS or flashing. That's why AMDVBFlash 3.15 and newer include AMDVBFlashDriverInstaller.exe, which installs/uninstalls the AMD driver with one click. This software was written by us at TPU and is signed digitally with our signature.


LG.com utilizes responsive design to provide a convenient experience that conforms to your devices screen size. In order to get the best possible experience from our website, please follow below instructions.


Develop web projects with interactive interfaces and graphics presentations. Create simple sequences for displaying data or visualizing the interactions with various program functions and features. Work with the ActionScript coding language elements to build a custom item.


Flash MX is a software tool for developers who want to create animated interfaces for the web or simple animations.Interactivity on the web is made ideal with this program due to ActionScript, the coding language of flash, allowing for navigation, game development and other interactive interfaces.I'd like to point out that animating with this program is like working with a frame by frame timeline. This is the most basic way to animate.


About

Welcome to the group! You can connect with other members, ge...
bottom of page